O que é Inseminação Artificial

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O que é Inseminação Artificial

Mensagem  Admin em Dom Abr 25, 2010 10:38 pm

Inseminação artificial.
A inseminação artificial é o processo no qual esperma é inserido no trato reprodutivo feminino para engravidar a mulher usando meios que não são o intercurso sexual. Na inseminação artificial, esperma recentemente ejaculado, ou que foi congelado, é inserido artificialmente no cérvix (inseminação intracervical) ou no útero (inseminação intrauterina).
Técnicas modernas de inseminação artificial foram primeiramente desenvolvidas na indústria do gado leiteiro para permitir que as vacas fossem engravidadas com o esperma de um touro com características para melhor produção de leite. Em humanos, a inseminação artificial é usada como tecnologia de reprodução assistida para tratar infertilidade.

Variações da inseminação artificial
A inseminação artificial pode ter muitas variações tanto em relação ao doador do esperma quanto às técnicas usadas.

Variações da inseminação artificial de acordo com o doador
Para a inseminação artificial pode-se usar tanto o esperma do marido quanto o de uma doador conhecido ou anônimo.


Variações da inseminação artificial de acordo com a técnica

A forma mais fácil de inseminar é pela pela inseminação intracervical, na qual o esperma é injetado diretamente no cérvix com uma seringa. Esse processo replica mais de perto a forma como o sêmen é depositado pelo pênis no cérvix quando o homem ejacula durante o intercurso vaginal. Porém, outras técnicas podem ser usadas para elevar as chances de concepção. Por exemplo, espermatozóides que foram removidos da maior parte de outros componentes do fluido seminal podem ser injetados diretamente no útero em um processo chamado inseminação intrauterina. Se o esperma fosse injetado integralmente com todos os seus componentes no útero, isso poderia causar cólicas uterinas, dor e expulsão do esperma.
A inseminação intrauterina também pode ainda ser combinada com inseminação intratubária, dentro do tubo de falópio, embora esse procedimento não seja mais geralmente recomendado por não ter benefícios superiores à inseminação intrauterina. A inseminação intratubária não deve ser confundida com a fertilização in vitro, na qual tanto o ovo quanto o esperma são unidos fora do corpo da mulher.



Taxas de sucesso da inseminação artificial

As taxas de sucesso da inseminação artificial podem ser bastante enganosas, uma vez que muitos fatores, incluindo a idade e saúde da receptora, devem ser incluídos para dar resultados significativos. Para casais cuja causa da infertilidade é desconhecida, a inseminação intrauterina geralmente não é mais eficiente do que os meios naturais de concepção. De modo geral, a taxa de sucesso é de 10% a 15% por ciclo usando inseminação intracervical e de 15% a 20% com a inseminação intrauterina.

Admin
Admin

Mensagens : 40
Data de inscrição : 04/04/2010

http://gravidez.cinebb.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum